fbpx

Comercialização agrícola: oportunidade única para o produtor lucrar mais!

Sendo um conjunto de atividades operacionais, a comercialização agrícola leva os produtos da fazenda até o consumidor final.

Em primeiro lugar, sendo um conjunto de atividades operacionais e de mercado, a comercialização agrícola tem um propósito único: levar os produtos da fazenda até o consumidor final.

Nesse cenário, pensamos como o produtor rural deve se preparar e utilizar as melhores estratégias. Afinal, em um cenário de constante crescimento, o tamanho do desafio é igual ao tamanho da oportunidade de fazer novos negócios e aumentar a lucratividade.

Para comercializar de forma eficaz, além de produzir alimentos de boa qualidade, o produtor rural precisa estudar o seu mercado de atuação, conhecer oportunidades e fraquezas e entender como extrair o maior resultado possível.

Nesse sentido, continue a leitura para entender tudo sobre a comercialização agrícola e como suas estratégias serão o diferencial dentro desse mercado cheio de oportunidades!

Entenda a comercialização agrícola de forma rápida

Juntar atividades operacionais e econômicas, que garantam a venda de insumos oriundos da fazenda para que estes cheguem ao cliente final.

Isso é o que se chama de comercialização agrícola, e ela pode acontecer de diversas formas.

Ela é um processo contínuo e organizado, que encaminha a produção agrícola por um canal de comercialização onde o produto é transformado e, por consequência, tem maior valor agregado.

Nesse contexto, o mercado para comercialização agrícola se manifesta de diversas formas, e produtores rurais podem mapear diversos segmentos para atingir.

Além de considerar consumidores e outros agricultores, por exemplo, atacadistas e varejistas, restaurantes, tradings, indústrias, empresas e diversos outros segmentos são atingidos por estratégias assertivas.

Para realizar uma comercialização agrícola eficiente, existem algumas modalidades de vendas que fazem sentido dentro de uma estratégia eficiente. De acordo com o planejado pelo produtor rural, ele opta por barter, pré-fixação/pré-pagamento ou cooperativa.

Barter

Operação comum no agronegócio, o barter resume a troca de insumos agrícolas pela produção de grãos.

Em outras palavras, legalmente o produtor faz uma troca, assegurando determinada parte da produção em troca de insumos necessários.

Essa formalização acontece pela Cédula do Produtor Rural, que configura uma espécie de contrato onde cada parte firma o comprometimento em entregar o que foi selecionada para o negócio.

Isso evita perdas de grãos, demora na negociação e é um excelente recurso para firmar parcerias.

Pré-fixação/Pré-pagamento

Em segundo lugar, a forma de comercialização agrícola, como o nome sugere, a pré-fixação se refere ao preço fixo na compra de grãos, que é estabelecido durante a negociação.

Ela também pode ser percebida na modalidade pré-pagamento, onde a diferença é que o comprador antecipa o pagamento dos grãos e o produtor rural se compromete a entregá-los após a colheita. Ainda, nesse caso, existe a cobrança de juros.

Cooperativa

Por fim, quando se trata de uma cooperativa, a comercialização é feita diretamente por ela, que negocia toda a venda.

Nesse sentido, a cooperativa recebe os grãos dos produtores, armazena e escoa no mercado.

Ou seja, os benefícios para os produtores são muitos, entretanto, nesse modelo não há controle na escolha dos compradores e/ou fornecedores.

Os principais compradores de produtos agrícolas se encontram em diversas modalidades e oportunidades de negócio, que passam por diversas áreas do mercado nacional.

Os principais desafios da comercialização agrícola

Sazonalidade

Da mesma forma, diferentes tipos de culturas são responsáveis por produzir em períodos específicos.

De forma simples, isso quer dizer que o produtor precisa planejar as safras almejando o máximo aproveitamento em cada categoria da produção.

Além disso, sem mencionar que cada produção exige ferramentas e equipamentos distintos, que podem ficar parados por determinados períodos, o que gera um custo a mais.

Em suma, produtores precisam entender como a sazonalidade pode impactar em seu planejamento financeiro e elaborar estratégias que otimizem seus investimentos.

Perecibilidade

Produtores agrícolas precisam estar preparados para o vencimento dos produtos, portanto, suas estratégias devem sim pautar a perecibilidade além de outros fatores.

Ou seja, para evitar prejuízos e perdas de grande porte, é preciso organizar o processo logístico dos alimentos, preservar a qualidade e não permitir que os produtos agrícolas ultrapassem a sua validade e causem prejuízo.

Variação de preço das commodities

Antes de mais nada, como os comerciantes agrícolas vendem as produções em larga escala (as chamadas commodities), o preço desses lotes de produção varia de acordo com o valor definido pela bolsa.

Como resultado, infelizmente, isso gera uma imprevisibilidade de preço, que pode ser prejudicial.

Afinal, como a produção tem um custo alto, se a variação joga os preços para baixo isso tende a comprometer o lucro do produtor.

Ou seja, isso se mostra uma dificuldade que merece toda a atenção e esforço por parte do produtor e do comercializador dessa produção.

Frete alto

O frete é uma despesa comum para qualquer produtor rural, independentemente do meio de transporte utilizado.

Em outras palavras, é fundamental considerar as despesas com deslocamento (que possuem custo alto).

O mais importante, é notar que o valor alto do frete pode impactar o lucro do produtor, isso se o valor das commodities estiver mais baixo do que o normal.

Por essa razão o frete também é uma dificuldade na comercialização agrícola, por essa razão, gestores e produtores precisam ficar atentos e estabelecer estratégias assertivas para atingir os objetivos.

A tecnologia é um diferencial na comercialização agrícola

Quando existem funcionalidades especializadas por trás da comercialização agrícola, todo o processo se torna mais ágil, rentável e lucrativo.

Afinal, é possível identificar gargalos, se preparar para alta de preços e desenvolver estratégias com mais certeza das decisões.

Pensando na sua produtividade, elaboramos um material exclusivo que traz insights ricos sobre funcionalidades que transformam o relacionamento com o produtor rural. Acesse, baixe e saiba mais!

comercialização agrícola

Viasoft Agrotitan: versátil, preciso e eficiente

Concluindo, projetado por pessoas engajadas em ajudar mais, o Viasoft Agrotitan é a solução mais completa para produtores, cooperativas, indústrias e todo o agronegócio brasileiro.

Controle dados, entenda por completo a saúde da produção, elabore estratégias, otimize custos e revolucione resultados, tudo isso em um mesmo lugar, com funcionalidades personalizadas e projetadas para seu maior desempenho.

Não espere mais um dia passar, a hora de evoluir e transformar os resultados da produção agrícola é agora!

comercialização agrícola

Assine a Newsletter

Digite seu email e receba conteúdos exclusivos!
Usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Você pode controlar quais cookies são definidos em seu dispositivo nas configurações do seu navegador, para isso, visite os manuais do Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge e Internet Explorer. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.