A palavra-chave para superar as insatisfações e os conflitos é a colaboração. Aprenda como ter uma empresa colaborativa e obtenha sucesso!

Insatisfeito em uma empresa tem pelo menos três estratégias possíveis diante de si, conforme descreve o professor Thomaz Wood. A primeira é, pura e simplesmente, pedir demissão e sair fora. Estratégia para poucos, nesses tempos de poucos empregos para quem precisa de emprego. A segunda estratégia é a do enfrentamento escancarado da situação, expondo opiniões e críticas sem temor, o que pode levar a um conflito aberto com seus superiores. Nesse caso, as consequências são imprevisíveis, com alta chance de uma demissão por parte da empresa. A terceira estratégia é a de responder com cinismo à situação vivenciada, fazendo de conta que concorda com tudo, uma espécie de teatro.

Se essa estratégia não abre conflito por um lado, por outro mantém indefinidamente a insatisfação com a empresa. O prejuízo aqui é grande para a empresa, que passa então a trabalhar com gente que não acredita no seu discurso. O modismo atual é falar de liderança, conceituada muitas vezes de forma confusa pelos gurus e palpiteiros da administração. Nessa concepção,a gestão empresarial se apoia no tal líder, um pouco como se os supostos liderados não tivessem entendimento próprio sobre a realidade.

Algumas concepções de liderança chegam mesmo a infantilizar as demais pessoas, concebendo-as como carneirinhos que acreditam piamente no líder, obedecendo e seguindo suas orientações sem qualquer crítica. Não se deve, de forma alguma, menosprezar a importância para a empresa de um bom líder. É importante destacar apenas as limitações de um líder diante daquilo que é, por definição, um trabalho coletivo, ou seja, a empresa.

Em pleno século 21, o modelo autoritário de gestão empresarial está fracassado. As relações autoritárias estão fracassadas de forma geral, ninguém mais aceita, ainda que alguns suportem em silêncio. A palavra-chave para superar as insatisfações e conflitos é colaboração. Colaboração não como uma palavra vazia de sentido, mas com o significado de cooperação pautada pela transparência, participação e permanente negociação entre os membros da organização. Somente assim os projetos e as intenções da empresa ganham adesão de seus membros. A atitude colaborativa das pessoas só acontece quando todos se sentem incluídos no projeto da empresa. De forma efetiva, sem discurso demagogo e enganador. Quando fica claro para todos que todos ganharão, a grande vencedora é a empresa.

Por Luiz Guilherme Brom

Fonte Revista Gestão & Negócios

 

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Tecnologia

30 anos da World Wide Web: tecnologia super popular está de aniversário

Quem fez alguma busca no Google hoje viu que há um dos seus doodles comemorativos lá, bastante especial para o mundo da tecnologia: uma homenagem aos 30 anos do WWW:...

Continue Lendo
Construir uma marca forte

Como construir uma marca forte para sua loja (não importa o tamanho)

 É possível construir uma marca forte para todo tamanho de negócio.  Qualquer empresa pode aprender muito sobre isso com marcas como Coca-Cola e Burger King, mesmo...

Continue Lendo
Inovação

Open Innovation: por que as empresas devem adotar essa técnica de inovação?

Inovação é um ponto crítico para as indústrias. Já considerou utilizar o método de Open Innovation na sua empresa? Veja o que levar em conta. Se você analisar, vai ver...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.






Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.







Não, obrigado.