Vendas orientadas a dados: facilidade do e-commerce chegou à loja física. - VIASOFT

Se a sua loja não consegue um alinhamento perfeito entre as ações de marketing e os índices de vendas, é muito provável que isso aconteça porque você não segue um caminho orientado a dados.

O Big Data se tornou o elemento de maior impacto no mundo dos negócios depois da popularização da internet. Qualquer atividade empresarial se torna muito mais rentável quando orientada a dados. Isso, porque os dados, quando capturados e processados de acordo com os propósitos das empresas, mostram as melhores oportunidades de negócio, geram insights, conduzem a ações assertivas e, de certa forma, ensinam como organizar as coisas e dar início a atividades guiadas por novos objetivos.

 

E quando o objetivo é aumentar a taxa de conversão na loja física, como transformar a atividade numa ação orientada a dados?

 

A ênfase no fato de se tratar de uma ação de vendas em loja física se dá porque capturar dados da pura realidade – e não da realidade virtual – é um ofício mais complexo do que o que se executa no e-commerce. Enquanto no e-commerce basta usar o analytics para verificar toda a jornada do cliente pelo site em cada uma das suas “pegadas” e identificar o que em cada página atrai ou dispersa o consumidor, na realidade da loja física, os dados são mais difíceis de se capturar, pois envolvem informações mais abstratas.

 

Quem diria que a realidade virtual poderia gerar dados mais concretos do que a realidade física.

 

É verdade. As páginas de sites são estáticas, isto é, apesar de elas levarem ao movimento da jornada de compra, cada página contém em si um número de informações organizado de uma determinada maneira e assim se mantém até a próxima ação do administrador.

Por outro lado, a loja física é um ambiente de negócio influenciado por diversos fatores que não são passíveis de serem mapeados tão especificamente como numa página de site. As vezes o cliente é atraído pela vitrine, mas vai embora sem comprar porque os vendedores foram muito invasivos, ou porque quando ele quis mais informações sobre o produto não havia nenhum vendedor disponível para fornecer, ou porque a fila de pagamento estava muito grande, ou ainda porque os itens estavam organizados de uma forma que ele não conseguiu encontrar uma versão/cor/tamanho que lhe agradasse.

São vários os motivos que causam desvio entre as ações de marketing (atração da vitrine e outros meios) e os índices de vendas (baixa taxa de conversão). Então, como identificar os que podem estar ocorrendo na sua loja?

 

A resposta é: por meio de ações orientadas a dados, como toda grande iniciativa bem sucedida em qualquer negócio hoje.

 

A solução para o varejo físico nesse sentido vem de um conjunto de técnicas que combina reconhecimento de imagem e zonas de calor ao processamento e análise de dados que possibilita realizar o mapeamento não linear entre a entrada e a saída do cliente da loja. E ainda é possível identificar quem entrou na loja atraído pela vitrine, facilitando assim a avaliação das ações de marketing.

 

Com as garantias do Big Data associadas a IoT se obtém uma solução que permite identificar as áreas de uma loja em que o cliente fica mais tempo, as seções de produtos com as quais ele mais interage, bem como, o tempo que ele leva até decidir se sai com uma compra realizada ou não. Essas são métricas essenciais para o varejo físico que permitem ações assertivas, diferente de até bem pouco tempo atrás, quando tudo era feito puramente sob especulação.

 

Faça suas vendas serem orientadas a dados e veja o crescimento em escala que isso trará para sua taxa de conversão.

 

Implantar uma solução em IoT e reconhecimento de imagem na sua loja é muito simples. Acesse o site da VIASOFT VISION, melhor opção do mercado, e saiba mais.

Para maiores informações converse com um dos nossos especialistas. Preencha o formulário: viasoft.com.br/ligamos-para-voce/ e nós ligamos para você.

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Novo eSocial. O que muda?

O Secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, anunciou na tarde da terça-feira, dia 9, que o eSocial será substituído por dois sistemas a partir de...

Continue Lendo
sistema de gestão

Quando é hora de trocar seu sistema de gestão?

Seu sistema de gestão complica alguma das rotinas do seu negócio? É hora de trocá-lo. Nesse texto você vai ver por que talvez seja a hora de trocar o sistema de gestão...

Continue Lendo

O que um software CRM pode fazer pela sua empresa?

Um software de CRM (customer relationship management) é uma ferramenta importante na gestão da força de vendas de uma empresa, visto que é possível mensurar, acompanhar...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.






Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.







Não, obrigado.