A expressão Big Brother surgiu bem antes do programa de TV existir e foi criada pelo escritor inglês George Orwell logo após a Segunda Guerra Mundial em seu livro 1984 onde retratou um governo autoritário a tal ponto, que mantinha o povo sob vigilância o tempo todo, de modo que não era permitido sequer pensar algo que fosse contra o sistema, quanto mais cometer alguma infração. Big Brother era como este governo era chamado.

Por isso alguns analistas têm feito a analogia entre essa expressão e o novo sistema da Receita Federal para arrecadar os impostos das empresas, o SPED. Agora que a declaração tributária é feita digitalmente, o governo pode saber de tudo que você faz na sua empresa. Então, a sensação: estar a ser vigiado em tempo integral pelo governo faz sentido, não é?

Essa mudança tem assustado muitas empresas, já que essa avaliação constante pode interpretar como infração mesmo aqueles errinhos que você comete involuntariamente.

E supermercado é um caso bem mais complicado!

Você, supermercadista, já sabe que a gestão do seu negócio é bem mais complexa do que em outros setores do varejo, devido à grande variedade de produtos e operações da sua empresa. Na hora da declaração do SPED, essa variedade se torna um grande desafio, pois os detalhes exigidos pelo sistema se avolumam de uma maneira quase impossível de esquadrinhar.

Em vista disso, preste atenção em erros que você anda cometendo e, que estão te levando a cometer outros e outros e te levando numa bola de neve enorme na hora de inserir os dados no SPED. O principal, e que desencadeia os demais, é acreditar que essa inovação se limita a área contábil.

Não significa que você não tenha que investir na contabilidade, mas é preciso ter em mente que a digitalização do sistema não veio apenas para inovar esta área, e sim todo o gerenciamento do seu negócio.

Não deixe o Big Brother te julgar por crimes que você nem cometeu!

Portanto, para não ser julgado equivocadamente pelo Big Brother Fiscal pare de delegar a tarefa somente ao escritório contábil e dê mais atenção a todas as áreas do seu supermercado. Certifique-se de que tudo é registrado corretamente: cada entrada no estoque, cada classificação e precificação de produtos e cada nota fiscal. Assim, quando você for levantar os dados para gerar o relatório, eles estarão apurados e consistentes para a declaração.

E como se certificar de tudo isso?

O que você tem que fazer é o seguinte: automatizar o controle de todos os processos da sua gestão, pois assim, todos os seus cadastros terão dados confiáveis e, isso não apenas solucionará as questões burocráticas como também, otimizará o desempenho da sua empresa.

Complicado?

Não se preocupe, o ebook a seguir traz bem claro tudo o que você deve fazer resumido em 3 passos.

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

wms

Por que investir num sistema WMS?

Uma das formas de se obter diferencial competitivo num mercado atualmente tão acirrado é investir e otimizar os aspectos logísticos da empresa e isso é totalmente...

Continue Lendo
Gestão de estoque

Gestão de estoque ruim espreme margem de lucro de centrais de compras

Para centrais de compras, eficiência em gestão de estoque é essencial. No varejo de alimentos, as centrais de compras têm reagido melhor ao momento econômico, mas o...

Continue Lendo
Como calcular o preço de um produto

Como calcular o preço de um produto na sua indústria?

O lucro – ou razão de existir de uma empresa – depende dos orçamentos e, isso é o que determina como calcular o preço de um produto. Nas indústrias, a precificação de...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.












Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.