Supermercadista:Use a tecnologia para configurar a realidade e ter controle - VIASOFT

Em qualquer empresa, o gestor vive de acompanhar indicadores e a tecnologia. Indicadores comerciais, financeiros, operacionais… a gama é extensa. Na realidade dos supermercados a lista é ainda mais longa e, dá espaço para uma questão extremamente desagradável: indicadores impossíveis de medir.

Fala a verdade: você consegue determinar quantas vendas deixou de realizar por conta da desistência de um cliente insatisfeito?

A resposta certa para essa pergunta é não, pois é impossível apontar com precisão quantos consumidores saem da sua loja de mãos vazias, porque é exatamente isso que eles fazem: saem do supermercado e não ficam para fornecer dados às estatísticas. A única coisa que você tem em retorno é a má publicidade. E para os supermercados, você sabe que não cola essa ideia de que “não existe má publicidade”. Qual supermercadista quer que seu estabelecimento seja lembrado pelo mau atendimento, ou pelo tempão que é necessário esperar na fila do caixa?

A Páscoa, por exemplo, deve ter agitado o seu supermercado com a típica movimentação dos produtos sazonais. Os levantamentos do varejo mostram que esse ano as vendas dos chocolates aumentaram em percentuais de dois dígitos em relação ao ano passado, e isso também aconteceu porque os comerciantes ofereceram várias opções de parcelamento, além de, claro, terem atendido em horário estendido.

Tudo isso constrói um cenário perfeito para as lentidões da frente de caixa.

 Imagine: clientes diversos, parcelamentos diferenciados. O fiscal de caixa tem que se deslocar da sua estação de trabalho até cada ponto de venda, para liberar as transações. Sem contar aquela tia que, queria levar um ovo para cada sobrinho e, ao constatar que mesmo parcelando em 6x a mensalidade ainda ficaria pesada, decide não levar 3 dos 8 ovos que tinha escolhido. Outra vez o fiscal de caixa tem que se deslocar de onde está para ir até o caixa onde está a tia desiludida, e cancelar os itens que ela já tinha passado. Como o fiscal estava resolvendo outra questão num caixa a 20 metros de distância ele demorou para chegar, o que constrangeu ainda mais a tia e irritou os clientes que esperavam logo atrás dela.

Supermercado é um lugar, que apesar de fazer parte do cotidiano do consumidor, é aonde ele geralmente vai com pressa, ou seja, com exceção das donas de casa que adoram passar horas escolhendo seus produtos e encontrando seus conhecidos, grande parte dos clientes vai até lá por necessidade com o objetivo de ser o mais breve possível. Por essa razão, pode ter certeza, é muito mais frustrante para o cliente ter que deixar o supermercado sem o que tinha colocado na cestinha, do que é para você perder essa venda.

O “X” da questão é o TEMPO.

Como já foi dito, não é possível indicar com exatidão quantas vezes isso acontece num supermercado. Por isso já não importa quantas pessoas desistiram de comprar no seu estabelecimento: o negócio é garantir que isso não aconteça mais e, a partir daí, só contemplar os lucros crescerem.

Como? Simples e ágil, a gente explica.

Você pode pensar que o ideal seria contratar mais fiscais de caixa, mas nessa situação, deve ser levado em conta que esse corre-corre não acontece todo dia, além do mais, a função de liberar créditos e cancelar compras só cabe a funcionários de confiança, o que também torna inviável uma contratação temporária.

A solução é possibilitar que o seu fiscal de caixa realize tudo, ainda que ele esteja longe tirando um tempo para um café.

Voltados especificamente para esta situação, os desenvolvedores de software e a tecnologia para o segmento supermercadista criaram uma ferramenta que permite monitorar tudo que acontece nas suas frentes de caixa em tempo real. Basta ter acesso à internet, e tudo fica ao alcance do fiscal, que quando solicitado para liberar qualquer transação, seja permissão de crédito ou realização de cancelamento, pode escolher se responde pela interface no computador ou pelo smartphone através de aplicativo.

E você gestor, pode escolher quais tarefas quer que o fiscal realize apenas pela web, e aquelas que quer que ele continue se deslocando até o caixa para interagir com clientes e colaboradores, porque tudo é configurável!

Isso é o que a tecnologia propicia para o seu negócio: configurar tudo à sua maneira para eliminar as falhas e aumentar a sua lucratividade.

Pronto para não ter mais problemas com lentidão nos seus caixas e potencializar as suas vendas?

Saiba mais sobre a tecnologia que vai transformar a gestão do seu supermercado.

CONHEÇA O VIASOFT VIASUPER

Se preferir, profissionais especialistas ligam para você sem compromisso.

LIGAMOS PRA VOCÊ!

 

 

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Acesse o conteúdo orientativo da Receita para a DCTFWeb

A Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos é o substituto da GFIP, sem ela é impossível gerar o DARF ou...

Continue Lendo
saúde mental

Saúde mental: apenas 18% das empresas se importam com isso

Segundo uma pesquisa da Isma-BR (representante local da International Stress Management Association), nove em cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam...

Continue Lendo
data analytics

Data analytics para sua loja física: fundamental e fácil de aplicar

Até bem pouco tempo atrás, taxa de conversão e data analytics eram temas restritos a estratégias de marketing digital. Entretanto, com a evolução da IoT (Inteligência...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.






Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.







Não, obrigado.