Liberado o envio de eventos de folha para o eSocial após publicação de portaria que reajusta valores previdenciários - VIASOFT
Portaria nº 914, de 13/01/2020, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, reajustou salários de contribuição, além de benefícios e demais valores da Previdência, dentre eles o salário-família. Empregadores já podem transmitir folhas de pagamento de janeiro/2020.

 

Foi publicada, ontem (14), a Portaria nº 914, de 13/01/2020, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, que divulga a tabela de faixas para atribuição de alíquotas previdenciárias, bem como limite de salários de contribuição ao INSS, além de reajustar os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e os demais valores constantes do Regulamento da Previdência Social – RPS.

A cota de salário-família passou a ter o valor de R$48,62, sendo paga aos segurados com remuneração mensal não superior a R$1.425,56.

A publicação da Portaria era aguardada para que fosse desbloqueado o envio dos eventos periódicos de janeiro/2020 (folhas de pagamento) ao eSocial, uma vez que os cálculos realizados pelo sistema se baseiam nesses valores. Com isso, os empregadores já podem enviar os eventos de remuneração ao eSocial referentes à competência janeiro/2020.

Por força da reforma da Previdência (Emenda Constitucional nº 103/2019), a partir de 01/03/2020, serão aplicadas novas alíquotas, de forma progressiva.

Confira os novos valores das faixas de contribuição:

 

  • De 01/01/2020 a 29/02/2020

Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento ao INSS
até 1.830,29 8%
de 1.830,30 até 3.050,52 9%
de 3.050,53 até 6.101,06 11%

 

 

  •  A partir de 01/03/2020

Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento ao INSS
até 1.039,00 7,5%
de 1.039,01 até 2.089,60 9%
de 2.089,61 até 3.134,40 12%
de 3.134,41 até 6.101,06 14%

 

 

Módulo doméstico

Está liberada a folha de janeiro/2020 para o Módulo Doméstico do eSocial, já atualizado inclusive com o novo valor do salário-família.

 

Eventos de desligamento (S-2299) e término de TSVE (S-2399)

A transmissão dos eventos de Desligamento (S-2299) e Término do Trabalhador Sem Vínculo de Emprego (S-2399) não foi bloqueada. Como a portaria com as novas alíquotas foi publicada com vigência retroativa a 01/01/2020, cabe ao empregador realizar, antes do fechamento da folha do mês de janeiro/2020, a retificação dos eventos que foram transmitidos antes da implantação da alteração (14/01/2020, 14h39) para que os cálculos passem a contemplar os valores atualizados pela portaria.

 

Fonte: portal.esocial.gov.br/noticias/liberado-envio-folha-de-janeiro-2020-do-esocial.

Conheça nossa solução especializada e completa para Recursos Humanos:  Viasoft TalentRH.

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Por que os patrocínios do BBB custam tão caro? – Por Eduardo Harthecopf

Eduardo Harthecopf iniciou sua carreira na Viasoft em 2015, como analista de testes, atualmente é gerente de marketing.    Na edição de 2021, o Big Brother Brasil...

Continue Lendo
open banking

Open Banking: Power to the Customer – Por Roger Rossoni

Roger A. Rossoni é mestre em gestão e desenvolvimento e especialista em investimentos – CEA. Possui experiência com consultoria em gestão e inovação, atualmente é...

Continue Lendo
gestor de negócios construshow

Ricardo Ludwig assume o cargo de Gestor de Negócios Construshow

O final de 2020 e início de 2021 marcou uma importante ação da Viasoft sobre suas soluções em varejo. Ricardo Ludwig, que já respondia pela gestão de negócios da...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.









    Se você já é cliente e está procurando atendimento, clique aqui.

    LIGAMOS PARA VOCÊ!

    Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

    Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.









      Não, obrigado.