ICMS – Código Especificador da Substituição Tributária (CEST) – Convênio ICMS nº 92/15 – Prorrogação

Por meio do Convênio ICMS nº 16/16, foi prorrogado o prazo para indicação do Código Especificador da Substituição Tributária (CEST), nos documentos fiscais, que identifica a mercadoria passível de sujeição aos regimes de substituição tributária e de antecipação do recolhimento do imposto, relativo às operações subsequentes.

O prazo inicial para a adoção desse código era 01/04/2016, porém, com a prorrogação dada pelo Convênio ICMS nº 16/16, o prazo para obrigatoriedade de indicação do CEST passou para 01/10/2016.

Fonte Cenofisco

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

clientes deixam de comprar

Saiba por que seus clientes deixam de comprar com você e como mudar isso

Quando clientes deixam de comprar com você o único produto real que adquirem é a frustração com sua loja.   Poucas coisas são tão decepcionantes quanto investir na...

Continue Lendo

Entrevista demissional: por que você precisa dessa estratégia agora mesmo

Conduzir uma entrevista demissional com quem sai da empresa é a estratégia certa para saber por que as pessoas vão embora.   Você não pode simplesmente aceitar bons...

Continue Lendo
Gestão de supermercado

A melhor gestão de supermercado é a que se preocupa com inventário

Há muitas inovações que estão revolucionando o modelo de negócios do varejo supermercadista, de self-checkout a Inteligência Artificial, entre várias outras. Mas...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.






Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.







Não, obrigado.