5 Tributos em 1: o que isso significará para sua gestão tributária - VIASOFT

Já ouviu falar sobre uma das últimas estratégias do legislativo na disputa das reformas com o governo? Não? Então, fique atento, pode trazer mudanças acentuadas para sua gestão tributária.

O congresso nacional aparentemente não quer entrar em consensos com o governo e como atestam os principais noticiários do país, para protagonizar a agenda política e econômica, eles proporão suas próprias reformas. A mais recente a dar o primeiro passo é uma reforma tributária que promete redesenhar o sistema nacional de impostos.

Embora as mudanças possam ser em prol do contribuinte, a ala dos empresários brasileiros se arrepia só de ouvir a palavra ‘redesenho’ associada a tributação. Seja para o mal ou para o bem, qualquer alteração na gestão tributária sempre tira o sono das equipes fisco-contábeis.

 

O que pode mudar em gestão tributária com a possível reforma?

Apesar de o avanço inicial ter sido bem pequeno, já que se deu por meio de votação simbólica, sua admissibilidade já promete grandes modificações nos tão conhecidos impostos brasileiros. E já é de se esperar apoio popular, uma vez que é sobre o consumo: prevê trocar 5 tributos por uma única cobrança.

A princípio, a reorganização simplificaria esta que é a zona mais problemática do nosso sistema de impostos. Os especialistas falam que a tributação sobre consumo no Brasil é praticamente uma anomalia: há um excesso de contribuições incidentes com uma legislação quase impenetrável, cheia de regras que mudam de acordo com cada Estado, setor ou região, criando imensos custos burocráticos para a gestão tributária das empresas.

 

Na prática, o que se altera na gestão tributária

 

Os cinco tributos a serem integrados em uma única mudança serão estes:

ICMS: Cobrado de indústrias, distribuidoras de energia elétrica e empresas de telefonia pelos Estados com variação de alíquota em cada um.

PIS/Cofins (dois tributos): Cobrados de todas as empresas pela União com regras muito subjetivas para descontar valores que já foram pagos em etapas anteriores de produção.

ISS: Cobrados de prestadores de serviços como bancos e seguradoras pelos municípios e gera dúvidas se deve ser pago no local onde está o prestador ou o consumidor do serviço.

IPI: Cobrado de indústrias e importadores pela união, embora partes sejam destinadas a Estados e municípios. Com a proliferação de regimes especiais dos últimos anos é difícil interpretar quem fica isento, e muitas vezes os erros geram multas por sonegação.

Todos serão unidos no IBS: Imposto sobre Bens e Serviços. Vai facilitar? Talvez, mas a dor de cabeça já começa ao pensar em toda a reestruturação que isso exigirá da Nota Fiscal de Consumidor Final (NFC-e). Sem contar, é claro, o trabalho do período de transição no SPED para a adaptação de cada Estado.

 

Por enquanto, sua gestão tributária não precisa se alarmar.

 

Embora seja favorável ao consumidor, a reforma certamente encontrará muitos obstáculos, afinal, chocará com a resistência das políticas estaduais e municipais que contam com suas fatias certas da receita dos impostos. E se ainda assim se o projeto vencer o embate, será estabelecido um prazo de dez anos para implantação do IBS, e meio século para os ajustes totais.

Prazo longo de transição, não? Complicação máxima para a gestão tributária.

Não para as empresas atentas ao desenvolvimento tecnológico no setor fiscal-tributário e que buscam parceiros estratégicos para se adaptar as mudanças com agilidade e fluidez e, inclusive, aumentar o faturamento.

Conheça as soluções de gestão tributária da VIASOFT. Temos uma específica para cada segmento de negócio em que atuamos. E atenção, enquanto a legislação não muda, a gente tem como função nativa do software a adequação às leis estaduais e específicas. Sem preocupação nem agora, nem na mudança.

Evolua para a VIASOFT. Conheça todas as nossas soluções no site.

Quer conversar mais sobre o assunto? Só preencher este formulário: viasoft.com.br/ligamos-para-voce/ e um dos nossos especialistas tira todas as suas dúvidas.

Assine nossa newsletter

Assine a Newsletter

Digite aqui seu email e receba conteúdos exclusivos.

Leia também:

Soft Cave MeetUp

Soft Cave Meet Up #11: conversamos sobre Design Thinking

O 11º Soft Cave MeetUp aconteceu na última segunda-feira, 2/12, com o tema Design Thinking e foi conduzido por dois viasofters que dominam a técnica: Rodrigo Picolo que...

Continue Lendo
soft cave meetup contabilidade

Soft Cave MeetUp #10: tivemos nosso 1º meetup sobre contabilidade

O décimo Soft Cave MeetUp (sim, já realizamos dez meetups no nosso espaço, o Soft Cave!) aconteceu na última segunda-feira, 25/11, e, Lucas Matana, que trabalha na...

Continue Lendo
hotmilk viasoft

Viasoft participa da inauguração da parceira Hotmilk – aceleradora de inovação da PUCPR

A Viasoft está presente hoje, 26/11, na inauguração da Hotmilk – Ecossistema de Inovação da PUCPR, na capital Curitiba, mais uma vez cumprindo o compromisso de...

Continue Lendo

Copyright © 2017 Viasoft - Todos os direitos reservados.

Ligamos para você!

Informe seus dados e receba a ligação de um dos nossos especialistas nos próximos minutos.






Se você já é cliente e está procurando atendimento visite nossa Central de Atendimento, clique aqui.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Saiba como nossos especialistas estão ajudando centenas de empresas a realizar mais com nossas soluções em software de gestão.

Nos dê apenas alguns minutos e descubra se nossas soluções fazem sentido para a sua empresa.







Não, obrigado.